quinta-feira, 23 de agosto de 2007

September, 8th

Música do dia: Children Of Bodom - The Final Countdown

Hoje, o típico dia em que nada dá certo.
Minha aula foi tediosa como sempre, então não tenho nada para comentar sobre minha manhã.

Meu dia deveria ter sido exatamente assim:
Passar no Bradesco e retirar dinheiro; ir para o Itaú e depositar dinheiro; ir para a ACIL por motivos escolares da aula de sociologia. Apenas isso. Mas não foi como aconteceu.
Saí apressado de casa às 15:30. Tranqüilamente, passei primeiro no Bradesco da Higienópolis. Não deu certo. Ok, já contava com isso. Fui então à agência da Minas Gerais e lá consegui sacar o quanto eu queria. Próximo destino: Itaú.
Opa. Ao contar o dinheiro, vi que não estava correto. Eu juro que contei esse maldito dinheiro umas 40 vezes e dessa vez estava errado. Será algum tipo de maldição?! Bom, 15:58 e não daria tempo de recorrer à minha conta na Caixa, resolvi então ir até a ACIL e percebi que confundi a rua Senador Souza Naves. Isso nunca aconteceu, nunca! Eu erro uma contagem simples de dinheiro e confundo o lugar de uma rua e alguém ainda me diz que tudo isso é coincidência? Sinto muito, não sou tão cretino.
Dessa vez, o melhor seria voltar pra casa e efetuar amanhã o pagamento já atrasado de meu cliente.


Já na Av. Madre Leônia, resolvi entrar na agência da Caixa para retirar o que faltava. Não consegui. O extrato do meu saldo está positivo, está impresso, provado, eu tenho dinheiro disponível em conta, porém... erro ao sacar.
Tudo isso porque eu não comentei sobre o trânsito londrinense. Proporcionalmente ao tempo em que fiquei no centro da cidade, hoje foi o dia que mais xinguei pessoas na minha vida. Pedestres correndo na rua, parados na rua, motoristas incapazes de manter uma distância apropriada entre o acostamento e a pista, setas que não são ligadas, motoqueiros que furam sinal vermelho... hoje estava perseguidor. Voltei com receio de ser atropelado e isso não é superstição, é raciocínio lógico.

Espero que, em breve, este tipo de desrespeito ao ciclista acabe. Ou pelo menos que eu não o veja mais. Dentro de 16 dias, estarei completando 18 anos e estarei pronto para tirar minha carteira de habilitação.
É... meu décimo oitavo aniversário está chegando e eu deveria estar feliz, caso fosse mais normal, mas não sou. Mais um ano de vida só significa mais azar e mais um motivo para meus pais me lembrarem o quanto eu sou inútil.
Vai aí uma sugestão para presentes. Sou fácil de agradar.





Melhor ajudar antes que me perguntem. Odeio dizer o que eu quero.
Isso é o que realmente eu preciso, combinem entre vocês porque odeio presente repetido, ok?!

3 comentários:

tammy disse...

PRIMEEIRA

tammy disse...

pronto, do jeito que o loki é pop , é melhor garantir o meu lugar ;D
auheiauheiuahehahe
tipo vc neeeem é exigennte com os presentes né?XD
auiehaiueua
ceeerteza que é super baratinhos esses presentes xD
aehauiheauieha
LOKI POOOOOP
POOOOP
EU TENHO UM MARIDO MAL ENCARADO, VELHO E POP SABIAM?
auheiaheauheiuah
TE AMO MARIDOO
VEEELHOOOO
:*

Cami Pereira disse...

AHUHUAAHUAHUAH
noossa! demorei mas vi o post ;D
�ca, loki voc� ta numa mar� ;_;conseguiu paga tudo?^^
aai loki, pedi mais coisa 8D
olha s� assim nao da nem pra c o�a a orelha :3
melhor do que dar a amizade eterna;; HAHUAHUA brincadeira ;D
a gente combina, ta?
nao queremos desagradar o bf ;3